Notícias
TCE

Sabesp já gastou R$ 118 milhões para mitigar efeitos da pandemia no abastecimento

2 min de leitura
 https://bit.ly/3duVcfL. As informações têm data-base de 31 de julho e foram colhidas pela Corte junto ao órgão a partir da aplicação de questionários.

Tarifas

Os valores empregados pela Sabesp – um total de R$ 118.210.715,15 – correspondem à soma dos investimentos em programas e ações emergenciais para combater a COVID-19 e dos valores deixados de arrecadar em virtude da isenção de tarifas de usuários do sistema.

O órgão concedeu isenção do pagamento das tarifas de serviços de água e esgotamento sanitário, alcançando quase 2,4 milhões de cidadãos. O benefício, válido para o período entre abril e setembro de 2020, favoreceu 12.631.827 usuários classificados como ‘Residencial Social’ e ‘Residencial Favela’.

A Companhia também abriu a negociação de débitos e medidas para comércios que foram atingidos pela situação da pandemia.

Caixas d’água

Desde o início da pandemia, a Sabesp distribuiu, gratuitamente, quase 7 mil caixas d’água para famílias em situação de vulnerabilidade social no Estado. O programa garante a disponibilidade de água, mesmo nos horários de menor vazão, possibilitando a higienização constante, medida essencial para o enfrentamento do novo coronavírus.

A companhia informou, ainda, que, a partir de março de 2020, instalou 633 lavatórios públicos em locais de grande circulação de pessoas com a finalidade de incentivar a lavagem das mãos pela população como medida de prevenção ao contágio e à transmissão da COVID-19.

Fonte: Tribunal de Contas do Estado de São Paulo – TCESP

Imagem: Pexels.


Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.